domingo, 31 de outubro de 2010

Muse - Sing for Absolution


Quem acompanha meu blog sabe que uma de minhas três bandas favoritas (além de Radiohead e Theory of a Deadman) é um trio britânico de rock chamado MUSE. Já escrevi mais de 30 textos para o Song Sweet Song e pela primeira vez vou falar sobre uma música deles. A questão é: por que não falei antes se é uma das bandas que mais gosto?! Simples! Nunca achei que algum texto meu sobre o Muse fizesse jus ao espetáculo musical que eles produzem para a gente!
A nova questão é: O texto de hoje vai fazer jus ao nível sonoro de Muse? Eu digo que não. Se eu esperar isso acontecer, provavelmente jamais falarei deles...

Vou ser bem direto para descrevê-los. Quem acha que o rock está morto é porque nunca ouviu Muse. Quem acha que apresentações ao vivo não superam gravações de estúdio, nunca viu o Muse no palco nem ao menos pelo youtube. Quem acha que é impossível criar músicas roqueiras e eletrônicas a partir da influência de música clássica é porque não faz ideia do que Matt Bellamy, o vocalista dessa banda sensacional, pode fazer.
Há diversos modos de se encantar com Muse. Em verdade, eles produzem um som bem variado e bem único, sempre com muita qualidade. As músicas são densas e intensas, muitas vezes criticam a política (o que não é de meu interesse pessoal, mas há quem goste do tema) e muitas vezes falam do fim do mundo, já que Matt Bellamy parece ter um particular tesão sobre esse assunto. Tornaram-se popular nos EUA e até mesmo no Brasil após aparecerem na trilha do filme Crepúsculo, o que até hoje causa um distúrbio nos fãs meia tigela de Muse com a famosa síndrome de underground.

Introduzido ao trio, ouçam agora uma obra de arte do terceiro album deles, a épica SING FOR ABSOLUTION. Resolvi recomendar essa a vocês por diversos motivos, o principal deles pelo fato de que essa foi a primeira canção que ouvi do Muse (e se me encantei por eles desde esse momento, pode acontecer com vocês também). Reparem em alguns elementos essenciais de Muse nessa canção. Primeiro, o piano ultra-marcante. Matt é um dos melhores pianistas da atualidade, e com essa influência clássica que já citei, não poderia resultar em algo melhor. Segundo, a voz ÚNICA de Matt. Há cantores com excelentes vozes pelo mundo da música, mas com excelentes vozes inimitáveis, esses são raridades. Terceiro, a introsação que os instrumentos encontram na melodia. O power trio baixo-guitarra-bateria vivem um casamento em perfeita harmonia com o Muse. Por fim, a guitarra épica. Eu nem sabia o significado disso antes de ouvir Sing For Absolution; se você não sabe, vai por mim, ouvir Muse é o melhor meio de entender esse conceito quase espiritual dentro da música hahaha

Sei que acabou saindo um post um tanto sério, mas espero que tenha sido bom o suficiente para agradar a quem já conhece Muse e despertar a curiosidade naqueles que ainda não conhecem!
No mais, polêmicas como "Muse é o novo u2?", "Muse tá virando popular e comercial?", "Matt Bellamy é o melhor guitarrista da atualidade?", podem ser discutidas nos comentários, o que com certeza me ajudará a fazer um próximo post sobre eles!
Abraços a todos meus leitores queridos ;)

19 comentários:

Ítalo Richard disse...

Olá Pozzi, quanto tempo hein?! Bem, achei o som deles, pelo menos dessa música em específico, muito intimista e densa, aquele tipo de música para se ouvir em momentos específicos, em que seja possível viajar junto com ela e perceber suas nuances melodicas. Quanto a mistura de rock com elementos da música clássica, achei muito bem casado e posso dizer que apesar de densa traz uma delicadeza e sofisticação incríveis, sem ser forjado e vulgar.
Parabéns pelo post, não conhecia a banda, fui atrás de outros materiais no youtube.

abraço,
www.todososouvidos.blogspot.com

Kell Alves disse...

Ainda não conhecia a Muse e o post informou à altura. Agora vou ouvir um poco mais.

ruvis disse...

música favorita do cd favorito que vc ganhou da sua pessoa favorita hahaha

liiindo!

Juliane Bastos disse...

Não conheço, mas certamente to indo escutar depois dessa baita ficha :D

Insanium Delirium disse...

é sempre bom conhecer novas bandas!! nunca tinha ouvido falar desse Muse, vou procurar conhecer mais! No meu blog ás vezes eu coloco posts sobre bandas de metal de temática vampiresca, não sei se vc curti, mas se quiser acessar http://artegrotesca.blogspot.com
bjos

ARAÚJO disse...

Eu gosto de algumas musicas do Muse, mas não consigo gostar da banda. Ele são super ousados e talentosos, fazem um indierock diferente e atraente, mas não consigo gostar... Todo fã de Muse que eu conheço é tipo aaaaaaapaixonado pela banda. Queria ser assim, sabe, afinal eles são talentosos, não há duvidas!

Pois é, sumi, mas não gosto de sumir assim, eu tinha viajado, depois vieram algumas provas de vestibular e um hiato criativo, acho que a minha criatividade foi desviada para as redações. Pelo menos uma já tive o resultado e passei, passei pra um dos melhores cursos de psicologia do Rj, tô numa baita dúvida, pq o que eu quero fazer mesmo é jornalismo!
E vc, Gabriel? Já tem ideia do que quer fazer?

Obrigada por perguntar pela minha avó, ela tá indo, começou quimioterapia e reagiu bem, mas tem dias que ela acorda pra cima, pra baixo. Acho que é normal, né. Se pra família tá dificil, imagina pra ela, que vivencia na pele toda essa situação :/

E que LIIIIIIIIIINDO isso que você escreveu *-*
Também te considero um amigo, algumas pessoas que conheci e pensei que teria uma amizade qdo as conheci melhor não foi o que aconteceu. Tenho medo disso acontecer com a gente pq te acho um garoto super inteligente, divertido e culto, com quem eu adoro trocar várias ideias.


www.teoria-do-playmobil.blogspot.com

bruckz disse...

amo Muse, é minha banda favorita.
e morro de raiva dos produtores de crepúsculo, fica a dica.

http://bruckz.blogspot.com

Publicidade Esportiva disse...

Nunca ouvi falar...
PQP!

Dam. disse...

Não conhecia a Banda mais adorei... Existe bandas de qualidade no mundo, bandas que ainda salva a música hj em dia, porem as pessoas não dão muita importância pra elas, as pessoas não sabem mais o que é música de qualidade e vc consegue resgatar um pouco disso parabéns vou procurar mais sobre a banda. Abraço!

Nicelle Almeida disse...

Olá, meu amigo querido!!! =)
É sempre mto bom vir aqui e conferir as suas dicas. Confesso que n conheço a banda, mas n tem como ler seu post e n ficar curiosa. Por isso, vou ouvi-los agora mesmo.
Parabéns pelo texto que está super bem escrito e informativo.
Um abração e ótimo domingo.
Me visita, tem post novo ;)
www.nicellealmeida.blogspot.com

♫ Angélica ♥ Kawai ♪ disse...

É como tu disse.. é uma mistura do classico com o Rock. E é uma mistura inteligente. Não está disforme ou 1° classica e depois o rock. Aos meus ouvidos, sinto que são realmente as duas sintonias em uma mesma musica. E graças aos deuses musicais.. a musica é otima... pena que a banda ficou conhecida atraves do Crepúsculo aqui no Brasil... Mas como eu não vi o filme inteiro, não posso "criticar muito não"... XD
Beijos adorei o posat e obrigada pelos comentários! (tenho que vir aqui mais! )

LADY D. A. disse...

Já ouvi algumas músicas deles, eu gostei do som, só não de como o vocalista canta algumas partes, enfim, eu escuto a música pelos intrumentos e não pela voz ou jeito do cantor cantar...Mas não aprovei muito alguns tons dele

Sandro Mangueirense disse...

Oi Gabriel,

De fato o rock não está morto! Absolutamente! O que tem acontecido é que a mídia nacional não tem dado a devida atenção!

Um abraço!

http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

Imperator Fatalis disse...

Ótimo post, ótima banda, ótima música.

cara você conseguiu unir três coisas numa só! Disse tudo ^^

http://diariodomisantropo.blogspot.com/

abraço!

Nicelle Almeida disse...

Eu amei o som da banda... =)
Um forte abraço, meu amigo.
Aparece lá no blog ;)
www.nicellealmeida.blogspot.com

Bruna Morgan disse...

Muse é uma otima banda! *-*

Macaco Pipi disse...

adoro esses caras!!

Cláudia Benevides disse...

Não me importo muito que digam que amo MUSE por conta da saga crepúsculo, confesso foi de lá que saiu meu amor pelas músicas e pela banda...
O importante é que me faz bem e que adoro ouvir...
Seu blog está fantástico...música é maravilhoso, como diz o ditado "quem canta os males espanta", e.. para os que não cantam e nem querem espantar os outros...já ouvir uma boa música tem o mesmo efeito.

Escrevo um pouco sobre música no meu blog também (com um foco totalmente diferente), mas veja lá:

http://draclaudiabenevides.blogspot.com/2011/03/musica-para-os-seus-ouvidos-e-para-o.html

http://draclaudiabenevides.blogspot.com/2011/03/para-fazer-o-mau-humor-dancar-1.html


bjos

Lou James disse...

Salve Gabriel!
Há pouco conheci o som dos caras e gostei do que ouvi.
Esse clipe é show e ainda por esses dias vi outro na Mtv: "Uprising", que fiz donwload rapidinho.
Novos tempos, novas bandas...

"Rock'n roll can't never die"
(N. Young)

Postar um comentário