quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Mew - Special


You're special, you're like rocket through me.

MEW é uma daquelas bandas que tudo indica que você nunca irá conhecer. Banda indie, dinamarquesa, nome de um pokémon, nunca apareceu como trilha de algum filme, nunca fez uma tour mundial, talvez nunca tenha tocado em uma rádio norte-americana. Até mesmo o last.fm parece ignorar Mew, nunca os vi relacionados em nenhuma página (exceto em páginas de outras bandas dinarmaquesas, como Carpark North ou Kashmir, igualmente desconhecidas). Mas quando você está predestinado a algo, nada pode impedir esse encontro. Pode ser por um amigo 'meio-anormal' que te indique a banda ou você pode ler sobre ela em um blog de recomendação de músicas... No meu caso, foi pelo amigo. No caso de vocês, será por este blog!

Mew é daquelas bandas que adoram se basear no experimentalismo para fazer suas músicas. A maioria das bandas costumam ter uma ou duas canções experimentais, como Sway do Lostprophets, mas no caso de Mew, quase todas são dessa forma, e eles devem ter uma ou duas que são "normais". Em verdade, a voz de Jonas Bjerre já é algo experimental por si só! Dê o play no vídeo, ouça SPECIAL, e entenda o que estou dizendo!
Uma das coisas que mais gosto no Mew é a forma de como eles conseguem ser melódicos e agressivos ao mesmo tempo. Em Special isso é claro, a música começa em uma explosão com a bateria, com uma batida arregaçadora. No entanto, a guitarra da música dá um ritmo dançante e melódico para a canção, e quando o vocalista entra com sua "voz special" cantando a frase que inicia esse post, você confirma que Mew é algo beeem diferente do usual. Ousados e originais!
Com um ritmo ditado pela bateria, Special fala sobre uma garota que faz mal a um rapaz que gosta dela, mas ele não consegue deixá-la, como se ela fosse uma droga. Jonas disse em entrevista que fala sobre sexo, e se fosse qualquer outra pessoa falando, eu diria que essa pessoa teria uma mente suja ao pensar nisso. Só por causa das frases "Eu te colocarei para cima e para baixo" ou "Você é como um foguete pra mim"? Maaas, como quem disse isso foi o compositor da música, talvez eu deva acreditar nele, muita gente trata sexo como uma droga mesmo...

Special está no quarto album do grupo, "And the Glass Handed Kites", album classificado como Rock Progressivo, o que para mim não significa nada, mas para muita gente significa muito. Para mim o que importa é passar a mensagem de que o Mew produz um som bem diferente do que estamos acostumados a ouvir, e que dificilmente deixam de cativar alguém com suas músicas!

17 comentários:

Sandro Batista disse...

Você é um verdadeiro garimpeiro da música. É sensacional o trabalho de divulgação que vc faz aqui, sempre mostrando algo novo e diferente do que as pessoas estão habituadas.

Muito bom!

http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

Tati disse...

Cara, adoro conhecer novos sons. E seu blog sempre proporciona descobertas.

Sei que já sugeri antes, mas volto a pedir: The National e Wilco são sempre uma boa pedida. Vale recomendar o som dos caras!

Daani disse...

Fazia tempo que eu não passava por aqui! Hahaha, aqui estou eu, como prometido. ;) Adoro seu blog, acho que você sabe disso, :P E quanto ao "como você conheceu Mew" sou muito especial: conheci pelo amigo meio-anormal e pelo seu blog, olha só!
E adorei a música, vc como seeeempre mostrando coisas legais e diferentes. :) Beijos

Evandro Oliveira disse...

Não sou cristão, mas compreendo esse dia como importante para todo o ocidente, e sei que uma forte energia de bondade domina os corações nesse momento. Espero que essa data tenha um significado maior do que essa onda consumista que se tornou para os povos ocidentais, e que o desejo de paz, amor e compreensão domine seu coração.
Feliz Natal!

Passe no blog, tenho uma postagem sobre um livro que adoro.

http://sabordaletra.blogspot.com/

Sandinha disse...

Poooxa, não é nem de LONGE o tipo de música que costumo ouvir, mas vamos lá:

Não to com tempo pra olhar direitinho seu blog, mas NO BRASIL tem muito banda BACANA precisando ser descoberta e indicada por blogs como o seu.

Eu sinceramente não gostei da letra da música.

Gostei do objetivo do seu blog!

Abraços e Feliz ano novo.

Belcha disse...

MEEEEEEEEEEEEEWWWWWWWWW, sinto-me imensamente lisongeado só não mais imenso que o pênis que tranpassa meu coração ao ouvir está canção
beijo na nádega esquerda

CAMILA DE ARAUJO disse...

Curti sabia, bem a cara das festas alternativas aqui do Rio. Acho que você ia gostar! xD

Fico feliz que você tenha gostado do som do Mariano *-* Bossa nova é encantador, demorei pra gostar, mas pra mim, que sou apaixonada pelas palavras e considero a língua portuguesa uma arte, a bossa nova é a musicalidade dessa arte, da nossa língua. É completamente diferente desses ritmos como axé e funk, que destrõem totalmente nosso português, já tão maltratado por nós mesmos.

Entendi, as pessoas que conheço de SP, virtualmente, também vivem coisas parecidas que você, são de outras cidades, mas estudam na cidade. Tenho mta vontade de conhecer SP de novo, quando fui pra aew tinha 7 anos e não lembro de nada. Ainda falam que SP é como NY, sempre tem algo novo, né xD

Saiu sim o resultado da FACHA, e eu PAAAAAAAAAAAASSEI *-* To tão feliz, feliz com a possibilidade de começar algo novo que tem haver comigo, algo meu, que me da a chance de começar a sonhar com o que eu quero ser, e o que eu quero da minha vida *-*
Agora sorte pra você, to na torcida!

Também te considero um amigo, alguém que eu adoro trocar ideias e sinto uma confiança, um dia se eu for pra SP(Ou vc vier pra cá) precisamos nos conhecer, afinal, mesmo nos falando apenas virtualmente, sinto um carinho de amigo realmente por você! Feliz natal, boas festas, que 2011 seja um ano maravilhoso pra você, repleto de coisas boas, boas energias e novidades!

www.teoria-do-playmobil.blogspot.com

Ítalo Richard disse...

Grande Pozzi, quanto tempo, e como sempre proporcionando novidades e boas vibrações. Curti muito o som da banda, não conhecia e provavelmentre não conheceria se não fosse seu blog(que bom que ele existe), o que achei mais interessante foi o perfil da banda, na qual grande parte do seu repertório caminha pelo experimentalismo, e ser experimental hoje na música sem soar chato, pretensioso ou bizarro é uma tarefa complicada. Acho que o som deles é bacana porque é harmonioso e interessante, uma verdadeira viagem sonora. Me amarrei no som do Mew.

grande abraço, boas festas!
www.todososouvidos.blogspot.com

Indianara disse...

Nossaaaaaaaaaaaaaa!!
eu não conhecia o Mew! Muito bom o som deles...Realmente bem diferente do que a gente vê por ai! =D
=D
Adorei o seu blog..
com certeza vou seguir aqui!
=D
beijoooooo!

Barbara Nonato disse...

também não conhecia, mas gostou da sonoridade.

Viviane disse...

Realmente não conhecia e nem tinha ouvido falar nessa banda, mas a partir de agora estará na playlist, músicas experimentais são boas demais pra dá aquela velha e boa "viajada"! hehehe Valeu a dica cara.

p.s: Esses marcadores aí do lado está liindo heim *-*

Rúvila Magalhães disse...

E seus textos dificilmente deixam de cativar alguém!
Essa música é muito boa, adoro ouvir voce cantando :D E adoro ouvir no december album I!

te amo s2

Preguiça alheia disse...

nao conhecia a musica.. mais gostei.. estou no youtube ouvindo outras..rs..

Parabéns pelo blog.. entra no meu e se gostar pode seguir!!

ps.: estou te seguindo!

Abraço,
P.A.
______________________________________
http://www.preguicaalheia.blogspot.com

Evandro Oliveira disse...

Desejo à todos os amigos blogueiros que conheci em 2010 um ano novo maravilhoso.
Cheio de paz, amor, saúde, liberdade e criatividade!

http://sabordaletra.blogspot.com/

Nicelle Almeida disse...

Oi, meu amigo!
De fato, nunca tinha ouvido falar mesmo desta banda. Mas ouvindo o som deles (e te agradeço pela dica), super me interessei em conhece-los melhor =)

Adorei o post!!!!
Um forte abraço e aproveito para te desejar um 2011 cheio de alegrias e muita paz!!!!

Te espero lá no blog ;)
www.nicellealmeida.blogspot.com

Psicoalcoolista disse...

Não achei nada experimental o som da banda, me lembrou muito o som do Nada Surf, bem melódico e com um pouco de peso

Anônimo disse...

Mutio boa sua indicacao. Parabens. Zwarg

Postar um comentário