quinta-feira, 31 de março de 2011

Travis - Flowers in the Window


É muito bom estar apaixonado! E uma das melhores coisas é poder ouvir músicas de casal apaixonado. Sabe, poder olhar para alguém que você ama e cantar "uow, look at you now, flowers in the window s2".

Eu tenho uma teoria que certas bandas nasceram para criar trilhas para casais apaixonados, e a minha favorita dessas é TRAVIS. Já falei deles anteriormente neste post. Com raras exceções, Travis está sempre abordando o amor, nas suas diversas formas, nos seus diversos ângulos. É claro que, como praticamente todo artista que deixa seu coração falar na música, inevitavelmente há certas fases e algumas canções de... anh... pé na bunda. Entende, quando o artista torna sua poesia um poço de lamentações para falar sobre como é rejeitado ou infeliz. Como adoro músicas deprês, não tenho nada contra essas canções, mas hoje vim falar da fase feliz do Travis, essa fase que já citei no começo do post, a das flores na janela!

Há algo que irrita muito as pessoas que são fãs de bandas mais elaboradas em suas canções, que criam obras com milhares de instrumentos ou técnicas revolucionárias e efeitos especiais: como que bandas do tipo Coldplay ou Travis podem chegar a fazer tanto sucesso com tanta simplicidade? Sim, assunto repetido, já discuti isso no post sobre Don't Panic, mas o ponto da vez é perceber que o autor e cantor da música Fran Healy quando escreveu a música não tinha a pretensão que muitos artistas tem nos dias de hoje, de inovar e fazer história, ele somente queria olhar para alguém e dizer "hoje o dia está fantástico, eu amo você, e estou contente que sinta o mesmo". A música é levada por uma batida alegre, daquelas que você imagina velhinhos andando na rua com um sorriso e pessoas se abraçando aleatoriamente, enquanto o namorado em uma escada segura a mão de sua amada e diz "olhar para você é como ver flores na janela"! Vai dizer que vocês não conseguem sentir isso também?

Este era para ser um post muito simples, mas escrevi bastante, quando a ideia era apenas dizer que quando se escreve com o coração pouco importa a complexidade da música, o importante é deixar seu recado, e isso o Travis faz muito bem, deixando milhares de casais com uma trilha sonora para seus dias de sol no parque, ou seja aonde estiverem! :)

Uma curiosidade bem legal para fechar: A música foi escrita com a ajuda de um tiozinho pouco importante para a história da música, Paul McCartney.
Não deu play ainda?

____
ps: dedicado à minha namorada. I love you so, let's watch the flowers grow s2

11 comentários:

beecology disse...

acho que o álbum "The invisible Band" é inteirinho feito pra quem está "in love"... Aliás, blog muito interessante.

luluzinha disse...

kkkkkkkkkkkk
obrigada a vc!
seu blog é mara mesmo!!!
bjão da lulita!!
lulitaglaxinha.blogspot.com

Rúvila disse...

Oi meu amor! Aqui estou eu pra comentar!
Primeiro, ameeeei a homenagem, meu gatinho! Vc é a coisinha mais fofa desse mundo! :) te amo demais!
Ao ouvir essa música sempre lembro daquele dia da onda que eu te perguntei sobre o que te lembrava essa música e vc disse que nada mas um dia ia lembrar daquele tempo, o tempo em que começamos a nos apaixonar um pelo outro, certo? Com certeza essa é uma música pra quem tá in love... Você sempre acerta na escolha da música, meu amor!

beijos, te amo demais <3

kbritovb disse...

não curti essa não
mas sucesso pro blog

Licia Carla disse...

gostei !!! também adoro musica , parabéns pelo blog.

Camila . disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Camila . disse...

Me lembrou Death Cabe também...Aliás MUITO!
Mas como aprendi a curtir Death Cabe após descobrir essa banda aqui, tá tranquilo!

Comecei a fazer poemas, este você interpretou PERFEITAMENTE!
Preciso conhecer mais sobre isso, conheço poemas atuais de escritores meio alternativos mas tão geniais quanto os conhecidos, como Bruna Beber, Mariano Marovatto e Alice Sant'anna(apadrinhada pelo Chacal). Se vc curte poemas, sugiro que os procure.
Tenho vontade de tô pensando em ler algo da Cecília Meireles, Caio Fernando Abreu e Ana Cristina Cesar, acho que agora ingressando no mundo da peosia esses 3 realmente vão fazer a diferença.
É uma tradição nos trotes da minha faculdade isso do sutiã ao contrário, é meio constrangedor entrar num banheiro de posto de gasolina com 5 garotos que você nem conhece pra colocar o sutiã ao contrário, pelo menos não pediram pra por a calça tb, que foi o que aconteceu ano passado xD

Vou te dizer o mesmo que falei pra uma super amiga minha que tb tá começando cursinho: o negócio é foco e seguir em frente, aí as coisas ficam muito mais simples. O segredo realmente é saber o que querer, porque senão aí mesmo que a pessoa fica perdida. Mas eu sei que você é determinado e dedicado e não vai ter esse problema!
Olha, tô tendo poucos trabalhos, alguns professores marcaram provas e passaram 4948930843 livros, mas como sempre tô enrolada com os livros que eu leio normalmente essa parte fica meio complicada. Se bem que terminei de ler Marx de quem gostei muito e vou começar a ler Weber pra sociologia, que é a matéria do professor mais linha dura.
Tive um teste de português, aí que a gente vê que erra coisas boas, mas fui bem.

ps: que linda sua dedicatória a sua namorada *-*
Queria encontrar alguém tbm, mas ta diiificiiil encontrar quem preste.

http://papel40kg.blogspot.com/

Fábio Zen e Débora disse...

Legal,mas hj estava a ouvir What´s going on do Marvin Gaye e arrepiei o espinhaço.Abrç Gabriel!

♥ Evelin Pinheiro ♥ disse...

Bonitinha a música. Tá amando mesmo hein??
Concordo, amar é muito bom!!!

BeijO*-*
http://evesimplesassim.blogspot.com/

amigo do Senhor do Fogo disse...

Ei, Mestre, o que você acha de 'Em Busca do Porrão', d'O Rappa? É assim que me sinto sobre estar 'in love'.

Sabia que o pato canta de vez em quando, quando o corvo está longe, e que seu canto é o da fênix?

Naquela história antiga, o ex-Pozzi-cionista vestia trajes de Auron.

Tem que ser de sábado?

Que merda de comentário é este que não comenta? Acho que deveria ser banido pelo moderador do Mundo.

outro lado disse...

amar é tudo de bom e ouvir músicas apaixonadas é o complemento perfeito... tão bom...adorei o post e o blog tbm

Postar um comentário