quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Death Cab for Cutie - I Will Follow You Into The Dark


Talvez não fosse o momento mais propício para postar uma música romântica do Death Cab for Cutie. Afinal, semana passada Ben Gibbard - o vocalista da banda - levou um pé na bunda da sua esposa, a não menos famosa Zooey Deschanel (parte feminina da dupla "She & Him", atriz principal da série "New Girl").
Mas toda hora é hora de Death Cab.

Aliás, se você conhece a banda, você conhece essa música. A mais famosa deles. I WILL FOLLOW YOU INTO THE DARK é romântica de fato, mas não do jeito... Bryan Adams, vamos assim dizer. Bom, se você sabe a primeira frase da canção, sabe do que eu estou falando. Algo como "meu amor, um dia você vai morrer, mas eu estarei logo atrás... Eu vou te seguir na escuridão".
Não é o que a gente costuma ouvir em serenatas, sim? haha

De qualquer forma, Ben passa sua mensagem de forma simples e direta: "I'll be there for you"; eu estarei sempre com você! Na vida, ou até mesmo, na morte. E para isso, a melodia também é simples e direta, com um violão acústico no estilo Iron & Wine (um folk-fofo), sem nenhum outro instrumento! Praticamente uma música solo do Ben. Sem tirar o mérito dos outros integrantes da banda, é claro, que provavelmente ajudaram na composição.
Mas talvez, o principal método da música para cativar os ouvintes seja essa forma objetiva que ela é apresentada, o que cria um universo bem interessante para o Death Cab for Cutie, que oscila entre canções super simbolistas, com metáforas e (muitas) palavras difíceis, a canções restritas ao som de um piano, ou no caso, de um violão.

Mas caso queiram entrar em uma discussão um pouco mais profunda, há um momento que Ben cita uma escola católica que ele frequentava na juventude. Ele diz que uma freira lhe contou que "o medo é o coração do amor", o que pode ser uma relação contida entre os católicos e a figura divina, onde estes temem um Deus que pune, para depois amá-lo fervorosamente. Ben diz na letra que depois que ouviu isso nunca mais voltou a essa escola, mas é difícil saber se isso significa que ele abandonou a religiosidade, pois ao mesmo tempo em que a música passa sinais de que sim (já que é dito lá que a alma da pessoa não vai nem pro céu nem pro inferno, e sim para a escuridão), há vários sinais de que Ben é uma pessoa possuidora de fé. O nome do álbum desta música, por exemplo, é um desses. "PLANS", nasceu de uma brincadeira que Ben Gibbard gostou de ouvir e sempre conta em suas entrevistas. "Como fazer Deus rir? Faça PLANOS", ele costuma dizer.
Funny!

13 comentários:

Gabriel Pozzi disse...

provavelmente a música favorita da banda favorita da minha namorada! ^^
esse post é pra vc, amor! :)))

aliás, entrem no ótimo blog dela: http://minidesastres.blogspot.com/

Ruvis disse...

Você acrescentou o que eu falei da escola católica<3
Ameeei, gatinho!
Nunca tinha ouvido falar dessa frase do Ben que você citou... Pensando agora, essa música é quase uma oração, né?

beijos
Te amo<3

Ricardo Araujo disse...

Essa música é a mais famosa do Death Cab For Cutie sim, ouvi eles a primeira vez por essa aí, acho que na mtv!
HAHA Eu ri imaginando uma serenata, com a mulher na janela, e o cara falando UM DIA VOCÊ VAI MORRER...
Mas as mulheres curtem essas coisas de "eu vou sempre estar com você", por isso que essa música funciona...
ABRÇAOS

Alice disse...

QUE MÚSICA FOFAAAA!
Não conhecia!!
E mesmo falando de morte, o que eu tambem acho macabro, ainda assim ela fica fofaaaa!
A-D-O-R-E-I!

Nina Boom disse...

Não conhecia a música não, mas gostei... valeu pela dica, garoto!

Ana Lucia Nicolau disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Preguiça alheia disse...

Parabéns pelo blog.. show de bola.

Abraço,
PREGUIÇA ALHEIA
____________________
www.preguicaalheia.com

Mateus disse...

Concordo: toda hora é hora de Death Cab.
Adoro essa música, principalmente quando canta: "If heaven and hell decide/ That they both are satisfied/ Illuminate the no's on their vacancy signs".
É uma forma incomum de demonstrar o amor, mas são poucos que o fariam.
Mas essa música perde para "What Sarah said" haha (minha favorita).

aqui... sobre eu ser um dos personagem do meu conto... espero que tenha pensado em criminosos, porque se pensou bebado eu vou ficar muito p contigo hahahhaha (brincadeira... mentira vou sim)
e sim... eu faço matemática (longo momento de silencio... hahahah)
Abração Amigo Pozzi!

perplife.blogspot.com

Lilly disse...

Nunca tinha ouvido falar da banda, mas ouvi a música e parece ser boa. Valeu pela dica!

Parabéns pelo blog =)

http://iampurplepineapple.blogspot.com/

Shelhass disse...

DCFC!!!!!!!!!
*momento fangirl de descabelamento*

Ok. Passou.
1. sério que ele levou um pé? o.O
2. Essa é a mais famosa??? (Eu conheci a banda com outra canção).
3. "mas não do jeito... Bryan Adams, vamos assim dizer" - Quase molhei o pijama de tano rir.
4. "oscila entre canções super simbolistas (cof Transatlanticism cof), com metáforas e (muitas) palavras difíceis (cof Meet me on the Equinox cof), a canções restritas ao som de um piano (Lightness?), ou no caso, de um violão".
5. Adoro essa música!

Fernanda disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

If anyone could blow up, burn up up, or just totally wreck
a vacuum cleaner it might be me. The Canon PIXMA i - P2600 inkjet photo
printer is often a much less pricey version of a higher good
quality photograph printer priced near $75.

Here is my website - Upright Vacuum Cleaner: A Sneak Peek Into The Positive aspects It Brings Along

Anônimo disse...

Like a non-surgical approach to treating back soreness,
spinal rejuvenation therapy provides a really similar approach to treating back
soreness as the process utilized in mechanical
traction. The cervical discs are affected 8% from the time
as well as upper-to-mid-back (thoracic) discs only 1 - 2% in
the time.

Feel free to surf to my web site ... health benefits of inversion tables

Postar um comentário