segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

TOP 5 - Os Melhores de 2012

Ahá.
Ano passado resolvi cair em tentação e fazer uma listinha simples das minhas 5 faixas e albuns favoritos do ano. Estamos aqui hoje para a segunda edição dessa pequena seleção.
Importante a se dizer: Não ouvi um milhão de albuns esse ano, sei que existe muita coisa boa ou melhor rolando por aí, essas escolhas são dentre aquilo que ouvi e gostei, e por isso podem ser tão diferente das listas de blogs especializados. Por exemplo, muitos colocaram Tame Impala entre os melhores desse ano. Por não ter gostado tanto do primeiro álbum, deixei de ouvir esse segundo que tanto fez barulho, e por isso não está aqui. Mas o bom dessas listas é isso, me fez pensar em dar uma segunda chance pra eles no ano que vem haha Espero que vocês deem algumas chances ao que postarei aqui. Go Go Go!
 
TOP 5 - OS MELHORES ÁLBUNS INTERNACIONAIS

5º Muse - The 2nd Law



4º The Shins - Ports of Morrow



3º Sigur Rós - Valtari



2º Nada Surf - The Stars are Indifferent to Astronomy



1º The xx - Coexist


 Bem, eu já tinha esse blog, mas não fazia esse tipo de lista em 2009. Porque se eu fizesse, sem dúvida o álbum de estreia do The xx em 2009 brigaria pela primeira posição. Desse álbum surgiu uma das melhores músicas do século XXI, Crystalized. Exagero? Não sei. Mas é quase de comum acordo que essa banda invadiu o cenário musical destruindo com seu som hipnotizante, e que a expectativa pro segundo álbum era imensa. Seria um desafio e tanto para a banda não frustrar os ouvintes que aguardavam ansiosamente um material tão bom quanto o da estréia. Se eles conseguiram? Bem, creio que ao escolher Coexist como melhor álbum de 2012 eu já estou deixando bem claro minha opinião. Voa, xx!

E pra consagrar o ano do Nada Surf em minha vida, não poderia deixar de entregá-los a honrosa posição de vice-melhor álbum. Esta é minha vingança para todas as listas que colocam nas melhores posições os cds que não ouvi. Quero saber: quem ouviu essa maravilha do Nada Surf? Poucos, eu sei. Se você ainda não conhece a banda, corra filho, eles tem tudo de bom dos anos 90 em suas músicas, desde os rockzinhos agitados às baladinhas emocionantes... Claro que tudo isso está também em The Stars are Indifferent to Astronomy, pra ninguém botar defeito.

No terceiro lugar, uma vaga pra essa banda de outro planeta. Mais uma vez, Sigur Rós lança um desses álbuns repletos de melodias esquisitamentes lindas. Seguindo os passos do penúltimo álbum, as canções estão até um pouco mais acessíveis, porém ainda contam com aquela poesia intrínseca que não agrada os desavisados. Mas pra quem sempre está nessa vibe melancolica e artística, Valtari siurge como mais uma obra prima para desfrutar com gosto.

Olha só! Os simpáticos americanos do The Shins abocanharam uma vaguinha entre os melhores do ano também! Confesso que eu já tinha abandonado The Shins em minha vida. É verdade. Estava um pouco enjoado, sem ficar com nenhuma música deles mais na cabeça como nos velhos tempos, raramente ficava com vontade de dar play neles, quando chegou 2012, e veio Ports of Morrow para reviver toda minha admiração por eles! Talvez esse álbum tenha funcionado bem comigo porque ouvi sem expectativas, e fui surpreendido com muita coisa boa. Então vou parar de falar bem pra vocês gostarem tanto quanto eu desse ótimo lançamento.

Por fim, Muse. Figura carimbada nesse blog e no mundo musical da atualidade em si. Já há quem diga que são a segunda maior banda em atividade do planeta, atrás de U2. Mas não quero entrar nessa polêmica, nem de longe, só quero deixar claro que achei o novo álbum deles sensacional, como sempre, e que fiquei surpreso com o fato deles terem sido ignorados nas listas de melhores de muitos blogs. Tudo bem, aparentemente não é o mais inspirado cd do Muse, eu mesmo não o elegeria entre os melhores deles, mas isso não quer dizer que não seja mais um trabalho brilhante do trio. The 2nd Law merece destaque, sim senhor!

TOP 5 AS MELHORES MÚSICAS INTERNACIONAIS

5º The Magnetic Fields - Andrew in Drag



4º Lana Del Rey - Video Games



3º Fun. - We Are Young



2º The xx - Chained



1º The Shins - Simple Song



Fato interessante: Quando escrevi sobre a música Caring is Creepy do The Shins, deixei claro: "até hoje não encontrei nenhuma outra deles que eu goste tanto quanto esta". Pois bem, além de entregarem um dos melhores álbuns do ano, a banda finalmente trouxe uma música que gosto tanto quanto a primeira citada: Simple Song. Com um clipe adorável, me viciei rápido nessa música, no tecladinho dela, e creio que o The Shins acertou em cheio ao colocá-la como carro-chefe para a divulgação do álbum. Pra mim, a música do ano.

E claro que eu escolheria um representante do álbum do ano pra ilustrar entre as melhores músicas, sim? Chained do xx é lindaça, envolvente, e tal como Crystalized, traduz bem como é a banda, e explica o porque deles estarem fazendo tanto sucesso nos festivais e rádios do mundo inteiro. Prata justificadíssima.

Eita! O SongSweetSong é pop! Fun surgiu em 2012 como uma febre, principalmente por suas duas primeiras músicas divulgadas, We Are Young e Some Nights. São uma dessas bandas indies com cara de pop, ou pop com cara de indie, como preferir (tipo Onerepublic, The Script). Estatisticamente, We Are Young (parceria da banda com a hype de 2010 Janelle Monáe) poderia ser facilmente a música de 2012 (mentira, nesses critérios ficaríamos com Gangnan Style), toca em tudo quanto é lugar, e mesmo que você não saiba o nome, já deve te-la ouvido alguma vez. A maioria dos blogs ignoram esse tipo de pop, por um motivo ou outro. Como eu gosto muito da música, um bronze merecido!

Será que é tradição? O quarto lugar do ano passado deixei com a cantora Adele, meio pop/meio alternativa, e esse ano fica com uma música de... Lana Del Rey! Sim, a moça que encantou muita gente é literalmente um desses casos de "não é apenas um rostinho bonito". Entre tantas querendo aparecer com bizarrices e coisas desnecessárias, Lana se destacou com sua música, e pra mim Video Games é linda o suficiente para merecer estar entre as melhores do ano. Um tecladinho e um clima de música antiga, uma baladinha e tanto.

Para encerrar, não me perguntem, pois eu não faço nem ideia de como conheci Andrew in Drag do Magnetic Fields. Aliás, eu nunca tinha ouvido nem mesmo uma música da banda antes dessa. Só sei que depois de conhecer, fiquei um bom tempo viciado cantando por aí Andrew in Drag. Em voz baixa, claro, pra nenhum gringo achar que eu to falando sério. A música, divertidíssima, repete com frequência: "The only girl i ever loved was Andrew in drag". Afinadíssima! Apesar de ter cara de piada, pra mim é realmente uma das melhores do ano, tenho certeza que vocês irão curtir!

~~~~~~~~

A todos os leitores, feliz 2013, obrigado por gastarem um pouco do tempo de vocês lendo meu blog!
Esse ano não tivemos o top nacional pois minha queridissima amiga Gabriela Petrucci teve problemas pessoais e não pode participar!
Mas se vocês quiserem montar um top5 aí nos comentários seria bacanudo!

Um abraço a todos!
G.Pozzi

12 comentários:

Rúvila Magalhães disse...

Adoro quando você faz listas, mo :)
Dos álbuns: THE STARS ARE INDIFFERENT TO ASTRONOMY <3 <3 <3 de resto não ouvi muito :(
E adorei as músicas que venceram :) várias delas estão no December, que na minha opinião foi um dos melhores dos últimos tempos.
Acho q eu preciso ouvir mais The Shins.

Você arrasa!
te amo <3

André Alves disse...

muito boa essa lisa, porém We Are Young deveria estah em primeiro!

Lucio F. disse...

^
^

concordo

fangirl disse...

Vamos lá...
-Muse tinha que vir, né? O problema é que o pessoal tá começando a achar que todo CD do Muse tem que ser uma obra-prima. AlÔOO o cara tem que por comida na mesa, deixa eles fazerem um CD mais-ou-menos!
-Não ouvi esse album do The Shins, mas confio que deve ter sido bom (eu curto) ^^
-F! Eu não gosto de Sigur - ok, wtvr, me julgue.
-Nada Surf foi o máximo esse ano
-The XX veio para ficar. E tenho dito.

-Andrew é um barato
-Lana? PFTTT
-Fun. OMG eu queria tanto poder ouvir essa música de novo, mas como passei 10 DIAS ouvindo isso sem parar, tô meio azeda.
-O clipe de Chained é o melhor de tudo.


Curti a seleção como sempre, só faltou aquela mixtape para o Carnaval (que já está no fim, bleh). Eu não me oferecço para fazer lista de música brazuca porque só ouço Skank no momento, então né... mas se quiser uma listinha do eixo Japão-Coréia 'tô dentro!

Tô super desejando levar mais alguém para o lado negro da força comigo. Qualquer coisa, leia os reviews de músca do MH!

Tchuss!

fangirl disse...

Ah, lembrei, segui seu conselho. Texto de Thirteen Senses postado.

Ricardo Araujo disse...

The xx é a melhor banda das surgidas no século XXI, sem chance! Mas desse álbum eu escolheria Angels pra representar hehe

Pânico Psicótico disse...

cadê The Killers cara? D:

Mateus disse...

Fala, Pozzi!
Mais uma vez digo que não conheço muito as bandas, mas já vi aqui Sigur Rós a Nada Surf. Não conhecia The xx, muito boa a música e o clipe. Mais uma banda pra minha lista.
Realmente We are young tocava direto. Cara, ainda bem que você cantava baixo "Andrew in Drag". hahahhahahhaha
Grande abraço

Bruno Costa disse...

Muse é um banda sensacional, merece o sucesso que faz! Fun foi a banda do ano, pelo menos da música do ano. Sem dúvida são boas listas. Tem mesmo um bom gosto para música, quer dizer, pretensão a minha, tem um gosto parecido com o meu...rs
Abraço.

Jeniffer Yara disse...

Muse, Lana Del Rey e fun. num mesmo post, é pra gostar e muito daqui *O* haha'

Beijos

Gabi Leão disse...

muito bem escrito, mas discordo do conteúdo da lista..



http://panicopsicotico.blogspot.com.br/

Brutus disse...

Eu só acho que por exemplo Fun. - We Are Young deveria estar em primeiro, e The Shins nem deveria ter entrado..rsss

http://www.ultimobar.com.br

Postar um comentário