quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Radiohead - All I Need



Falar de amor. Quase toda banda sempre fala de amor. Parece impossível a um músico compor sem citar o amor. Deve ser porque este é o sentimento mais forte que alguém pode sentir, e tal como cada pessoa tem seu modo de expressar o amor, cada banda tem seu jeito de criar baladas românticas.
Já falei de Radiohead antes no artigo sobre a música Nude, no entanto em um fórum da banda onde eu tinha divulgado o texto contestaram o fato de a música ter sido feita há dez anos e eu estar usando-a como prova de que a banda continua proporcionando obras de arte como seu último álbum. Portanto esse artigo fala de uma música legitimamente feita para In Rainbows, ALL I NEED, que por sua vez fala desse assunto saturado para alguns, mas uma fonte interminável de inspiração para outros, o amor.
As baladas românticas, músicas lentas que conquistam popularidade com mais facilidade, variam entre cada banda e não tem uma fórmula que possam defini-la. Uma baladinha de Bryan Adams, por exemplo, é totalmente diferente daquela feita por Radiohead. All I Need pode ilustrar bem esse estilo da banda inglesa de Thom Yorke: as guitarras cumprem um papel de criar um clima pesado e desesperançoso à música, o baixo traz beleza a esta, enquanto a letra diz “você é tudo que eu preciso” de uma forma um tanto depressiva, considerando que se constrói sobre frases como “eu sou todos os dias que você escolhe ignorar”.
Para o final da música temos a ascensão do piano, oculto nas primeiras partes pelos outros instrumentos, mas que aparece para dar outra vida à música, trazer um clima de esperança enquanto a letra finaliza com um aparente contraste que se repete: “Está tudo errado, está tudo certo, está tudo errado...” e assim por diante. Como em todo In Rainbows, a carga metafórica da música é tão alta quanto sua beleza.
Baladas românticas sempre existiram e sempre irão existir para agradar a todos apaixonados e que adoram uma música mais calma. Até mesmo as bandas que fogem do tema “amor”, não escapam de produzir uma baladinha para trazer força ao álbum. E como cada banda produz música de seu jeito, All I Need reforça o estilo de Radiohead para falar de amor. Quando perguntado para um amigo meu o que ele achava dessa música, respondeu de primeira: “meio fraca, esse romantismo está mais para Coldplay”. Eu discordo; afirmo que ela tem um trabalho excepcional na interação entre os instrumentos, traz muita força para In Rainbows, e como cada artista tem seu estilo de fazer baladas, posso duvidar que Chris Martin crie músicas com a letra e a carga angustiante de All I Need, típica de Radiohead.

20 comentários:

Pedro disse...

Heeeey.....
Ja ouvi essa musica , é a unica musica deles que eu ja ouvi , mas eu acho ela bem bonita , sabe a letra , os sentimentos dele , as metáforas utilizadas pra mostrar pra mulher amada que ela é tudo que ele precisa!!
Muito linda mesmo!!

Juliana disse...

A banda consegue ser foda sempre e em tudo que faz. É um dos meus grandes ícones e fonte de inspiração. É a banda que me emociona, que faz eu me arrepiar e tirar o chapéu para cada ação criativa que faz.

baobah disse...

quando o assunto é amor, eu só penso em você :DD

Anônimo disse...

Sobre amor? No clipe desta música é mostrado dois garotos, um trabalha numa fábrica de sapatos enquanto o outro vai para escola. Respondendo a pergunta. Trata de amor? Sim, mas amor ao próximo, não amor à uma mulher - embora uma leitura linear como esta última possa ser feita. Quando se ouve Radiohead é sempre importante prestar atenção às entrelinhas...

Gabriel Pozzi disse...

ao anônimo:
esse é o clipe da MTV, cara...
eu pesquisei bem antes de escrever, e já assisti o clipe com as crianças, fui procurar a origem, e não era um clipe "oficial" do radiohead, mas sim um produzido pela mtv para uma campanha dela.. por isso não citei, embora teria citado se o texto não ficasse tão grande!
mas concordo com você que Radiohead não pode ser ouvido com superficialidade, como já disse, são dotados de carga metafórica muito grande! =]
se você for parar pra pensar, não falei em momento algum que era de um homem para uma mulher, acho que cabe a interpretação pessoal de cada um, não quero ser o guia chato do museu que explica cada obra de arte ;D

Felipe Santos e Camila Alvarez disse...

bela crítica a respeito de musica, nesse caso uma banda...
gostei bastante mesmo....

nunca tinha escutado essa musica nem essa banda...curti o som

Aloha
http://surfinsantoss.blogspot.com

Poseidon disse...

Opa, obrigado pela visita lá no meu blog, comentários bons e inteligentes são sempre bem vindos! Fico feliz de saber que o blog tá agradando!

Sobre tu post, cara baladas romanticas comandam,elas conseguem agradar tanto aos fãs da banda quanto às pessoas que normalmente não curtem o som e... Bem, o amor é um sentimento universal, certamente é o sentimento mais intenso e mais instavel também que pode descambar pra N reações diferentes como euforia, depressão, ódio e por ai vai... Radiohead é uma lenda, pra mim eles continuam ótimos desde sempre!

Parabéns pela postagem cara e ótima musica!

Pedro disse...

Heeey.....


Passa la no meu blog e resgata um selo que eu deixei pra você!!

http://pedroprado.blogspot.com/2009/12/selos.html

Brigado!

=)

Byers disse...

Bem, radiohead, pra mim é uma banda chata....rs muito parada, mas se tem quem goste...não é lá das minhas preferencias, mas tenho que admitir que a estética que eles passam em suas músicas já é influencia para muitas outras.

=D de vez enquando eles acertam.

sobre o amor, acho que nunca será assunto saturado, o amor é sempre novo, agente sempre se descobre no amor ou, na falta de.

abraços!

Inez disse...

Gabriel
De forma alguma você passou a ideia de que é folgado, somente citei no post porque foi um grancho para mostrar que todas as carreiras atualmente precisam do diploma, que o mercado de trabalho vloriza muito.
Não coloquei no post que é preciso muito esforço para chegar em algum lugar por sua causa, e sim porque hoje em dia está muito difícil para tudo e as exigências são muito maiores.

João BDR disse...

Cara, essa música é muito boa!
Gosto de músicas que têm uma letra e/ou uma levada mais depressiva...
Ainda assim, minha música favorita deles continua sendo "Fake Plastic Trees"...Simplesmente demais!
Abraços e parabéns pelo blog!
;)

Joyce Carpes disse...

Adoooro radiohead!
Esses caras sabem fazer música como poucos e o que seria de qualquer ser huano sem amor?

simplesmente perfeito
bjo!

Sequelanet disse...

Essa música do Radiohed é bem legal, e ainda possui letra.

Maicon disse...

Radiohead é legal
Gosto do som deles

.Txia. disse...

acho radiohead bem depressivo, mas adoro essa musica!

karinacasola disse...

Comecei odiando o estilo do sons do Radiohead, uma barulheira eletro-acústica.. e canções fora da ótica normal de uma música (vamos dizer assim), até que eu ouvi 2+2=5 e ai comecei a prestar atenção nas musicas e adorei.
Parabéns pelo blog!
http://balalaico.blogspot.com/

Julio Kyser disse...

"coisa de coldplay"

De fato,há algumas músicas deles muito no estilo Coldplay

mas as duas bandas são boas, Radio > Coldplay, mas perfeitas.

Juliana disse...

amooooor, amoooor... o tema que mais envolve as músicas que eu ouço!
essa música tem um ponto interessante, pois a mistura da batida dela com as metáforas da letra dá um ar meio melancólico, depressivo... e isso, na minha opinião, traz mais sentimeto à música.
a única coisa que eu não gostei nessa música foi a presença de um instrumento que eu não sei o nome ._., que eu achei que deu um ar melancólico DEMAIS à ela. fora isso, tem tudo pra entrar na lista das músicas mais tocadas pelo meu celular.
e o piano ficou divino na música, falei!

Maiane disse...

essa música tem cara de hit. esse refrão chiclete... (eu muito gosto dela)

Higor Araújo disse...

Eu adoro essa música,assim como adoro o In rainbows,assim como adoro o radiohead e assim como adoro visitar o sweetsong.Abraços guri!
TÕ de blog novo,www.perimetrounderground.wordpress.com.Te espero lá!

Postar um comentário